De volta a Sociedade!

A Casa de Ressocialização da Comunidade Terapêutica Caminho de Luz trabalha somente com indivíduos do sexo masculino, entre 18 e 60 anos de idade, que tenham recebido tratamento na própria Comunidade Terapêutica.

            Tem por objetivo principal socializar o indivíduo, tendo em vista as dificuldades sociais acerca dessa população, tais como: discriminação, preconceito, conduta infracional e criminal, marginalização, violência, tráfico de drogas ilícitas, relação com saúde mental (manicômio, loucura), etc.

            Neste contexto de exclusão, o dependente químico torna-se, progressivamente, incapaz de prover e suprir seus próprios meios de sustento e necessidades básicas (alimentação, moradia, acesso à saúde, saúde bucal, autocuidado, entre outras).

            Segundo estudos científicos, tal doença guarda relação com três motivos principais: a) as drogas provocam sensações diferentes; b) Apresentam tolerância e c) estão disponíveis, levando a perda: da qualidade de vida, participação social, senso de autopreservação, do juízo da realidade e aumento de condutas destrutivas e impetuosas, culminando em uma internação em Comunidade Terapêutica.

            Além do objetivo principal da Casa de Ressocialização, podemos destacar outras finalidades:

Além do objetivo principal da Casa de , podemos destacar outras finalidades:

    1. Oficinas profissionalizantes;

 Em busca de uma urgente adaptação da casa de Ressocialização da “Comunidade Terapêutica Caminho de Luz”, que encontra, nos diferentes ambientes físico e

 

diferentes populações, o resultado propriamente dito, na proliferação de um programa com protocolos de tratamento e duração variada de permanência. O próprio modelo tradicional de longo prazo tem implementações distintas. A ligação entre elementos, experiencias e resultados do tratamento, tem de ser estabelecido para substanciar com solidez a contribuição especifica da comunidade terapêutica. Para fins de resultados eficientes á recuperação de longo prazo.

Acresce que estabelece o esclarecimento eficaz do processo terapêutico do tratamento à longo prazo é essencial para melhorar o próprio processo de recuperação em detrimento de uma evolução continuada da comunidade terapêutica.

Logo as alterações da abordagem do projeto anexo, tem de ser encaradas como uma diretriz indispensável para compreensão dos ingredientes que iniciam um novo ciclo sustentável, concomitante, no modelo de tratamento e no curso vital da recuperação e na complexidade da mudança individual.

Para tanto, a Comunidade Terapêutica Caminho de Luz, firma à tempo, uma estreita parceria com o Instituto Federal de Machado.

Que por meio do incentivo do corpo dissente realiza oficinas profissionalizantes com intuito de atributo elementar que confere carga horaria para certificação e formação básica em gastronomia.

Utilizando o corpo docente no processo de ação social voluntária, como estagio em curso.

Este projeto complementar para realização continua do tratamento de indivíduos vulneráveis às substâncias psicoativas e de suma importância na colaboração da

 

 

ordem, do progresso e do desenvolvimento democrático de uma sociedade que visa estabelecer a igualdade social, justiça social e educação social.

 

Onde o cidadão considerado como escoria e que se encontra jogado as margens da civilização pode, por meio deste projeto alicerçado no conceito da “Terceira Visão”, confere em termos legais e parceria público/privado, a sustentabilidade eficaz concernente à rotatividade permanente do indivíduo em tratamento. Fazendo com que o mesmo tenha privilégio da oportunidade de conquistar sua autonomia e dignidade decorrente do suor de seu rosto.

Oxalá, não bastasse esta dinâmica referente especificamente atribuída ao tratamento e recuperação do indivíduo vulnerável às substancias psicoativas, este projeto, se compromete em beneficiar a população carente do Município de Machado em Minas Gerais, oferecendo diariamente, alimentação produzida nas oficinas profissionalizantes, por preço popular.

Tendo em conta nossa missão social, viabilizar e transformar a sociedade atual em um ambiente saudável, harmônico, feliz, produtivo e sustentável.

  1. Resgate da alfabetização e cidadania;
  2. Venda de produtos produzidos pelos moradores da Casa.
  1. Atendimentos individuais e em grupo com profissionais da equipe multidisciplinar da Comunidade Terapêutica;
  2. Oficinas temáticas e Grupos Operativos;
  3. Participação em grupos de apoio anônimos;
  4. Participação em ambientes religiosos;

 

  1. Trabalho Voluntário em entidades parceiras (APAE, NAFA, Amigos da Vida e Lar São Vicente).
  1. Atendimento Psicoterapêutico e Terapeuta Holístico;

 

  1. Metodologia “12 Passos”;
  2. Vivências em grupo;
  3. Meditação;
  4. Dinâmicas;
  5. Desenvolvimento Espiritual;
  6. Coparticipação familiar.

Considera-se que este trabalho será desenvolvido com seriedade e responsabilidade, características da equipe da Comunidade Terapêutica Caminho de Luz, visando à sensibilização e conscientização da sociedade como um todo para promoção de mudanças de hábitos, atitudes e comportamentos dos indivíduos em tratamento.

Espera-se que esta proposta alcance o desenvolvimento de habilidades sociais saudáveis e funcionais, sendo elas: 1) iniciar e manter conversas, 2) falar em público, 3) fazer e receber elogios, 4) pedir favores e expressar necessidades, 5) expressar sentimentos de maneira adequada, 6) aceitar uma resposta negativa, 7) defender os próprios direitos assertivamente, 8) receber e fazer críticas, 9) recusar pedidos, 10) desenvolvimento social, 11) exposição a novas situações, 12) controle de seus comportamentos, 13) manejar diferentes interlocutores e 14) auto monitoramento.

Abrir Whatapp
Precisa de ajuda?
Olá!
Como posso te ajuda?
Powered by